Notícias

Confira as últimas notícias e novidades

Santa Casa de Maceió adquire o primeiro robô cirúrgico de Alagoas

Três pacientes estão agendados para procedimentos ainda esta semana

Adquirido pela Santa Casa de Maceió, o primeiro robô cirúrgico de Alagoas chegou à sede do complexo hospitalar no final da tarde da segunda-feira (13). O Da Vinci é um equipamento auxiliar de cirurgia endoscópica com amplitude de movimento, visão 3D, filtro de tremor, e que proporciona mais assertividade para o cirurgião e, consequentemente, mais segurança para o paciente. Três cirurgias robóticas estão agendadas para esta semana.

Entre os benefícios da cirurgia robótica está a possibilidade de menos lesões nas estruturas vizinhas ao órgão alvo do paciente. Isso reduz o tempo de internação, possíveis intercorrências e proporciona a recuperação precoce e o retorno mais rápido às atividades normais.

“Com a aquisição do robô, a Santa Casa de Maceió se insere em uma lista de hospitais no Brasil que dispõem de estrutura de ponta para o tratamento diversas patologias”, destacou o coordenador do Serviço de Cirurgia Robótica do hospital, o cirurgião urológico, Gustavo Mendonça.

O investimento feito pela Santa Casa de Maceió amplia o parque tecnológico do hospital, que, em 2022, adquiriu o PET-CT, máquina de última geração que realiza exames de diagnóstico por imagem na detecção de cânceres, e uma nova ressonância magnética.

“Um hospital como a Santa Casa de Maceió, que trabalha com altíssima complexidade, não poderia ficar sem essa tecnologia. É uma plataforma importante que só está disponível em grandes hospitais, já que o custo de investimento para a compra e manutenção é elevado, assim como a aquisição dos materiais utilizados nas cirurgias. Também não se pode esquecer do treinamento específico para manipulação da máquina, um investimento feito pelo cirurgião e que demanda custo e tempo”, disse o diretor médico da instituição, o cirurgião torácico Artur Gomes Neto.

Referência em Alagoas, o hospital já dispõe de equipe treinada para esse tipo de cirurgia, assim como profissionais de diversas especialidades em treinamento para manusear o robô cirúrgico. “Atuávamos fora de Alagoas, atendendo pacientes que tinham a indicação de cirurgia robótica. A partir desta semana, os pacientes já podem ser operados na Santa Casa de Maceió”, ressaltou o coordenador do Serviço.

DA VINCI – Controlado totalmente pelo cirurgião com o auxílio de um console, o robô Da Vinci é equipado com braços que desempenham várias funções, como a manipulação de tecidos delicados (sutura, corte e dissecção) e geração de imagens.

Movimentos do robô Da Vinci são controlados por console pelo cirurgião

Para o funcionamento do novo equipamento, a Santa Casa de Maceió adaptou uma das salas do Centro Cirúrgico. “Em relação à logística precisamos pensar desde o que vai para a sala de cirurgia até a atuação dos colaboradores em todo o processo. Investimos no treinamento de uma equipe exclusiva para as cirurgias e destacamos dez profissionais da Central de Materiais e Esterilização (CME) para cuidar dos materiais utilizados no robô. Ao todo, 30 pessoas estão envolvidas direta e indiretamente”, finaliza Nair Gusmão, gestora da Linha Cirúrgica da Santa Casa de Maceió.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Por favor, escolha a área que deseja conversar para que possamos lhe atender.
//
Consultas e Exames
Fale com nossos atendentes
Marcação de Consultas e Exames