Notícias

Confira as últimas notícias e novidades

Mesmo com incentivos, Santa Casa precisou cobrir em 2016 déficit do SUS de R$ 43,3 mi

A Santa Casa de Maceió deixou de receber no ano passado R$ 43,3 milhões para cobrir os custos da assistência prestada aos pacientes do SUS. E isso já incluindo os incentivos líquidos recebidos do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas e da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió, que totalizaram R$ 26,2 milhões.

“Para cada R$ 100,00 de custos com assistência hospitalar e ambulatorial prestada ao SUS, a instituição recebeu (incluindo os incentivos) apenas R$ 66,11″, acentuou o provedor Humberto Gomes de Melo na mensagem de abertura do Relatório Anual da Santa Casa de Maceió. Para cobrir este déficit a instituição vem ampliando o número de leitos e de serviços exclusivos para particulares e operadoras de planos de saúde.

Sem os incentivos, o problema seria ainda maior. A Santa Casa de Maceió recebeu do SUS em 2016 cerca de R$ 58,3 milhões, sendo os custos mais que o dobro: R$ 127,9 milhões. Resultado: para cada R$ 100,00 de despesas com os pacientes do SUS a instituição recebeu apenas R$ 45,60.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Por favor, escolha a área que deseja conversar para que possamos lhe atender.
//
Consultas e Exames
Fale com nossos atendentes
Marcação de Consultas e Exames